quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Lasanha de Abobrinha/Courgete e Frango



E hoje é dia de receita para a dieta.
Esta lasanha de abobrinha, além de deliciosa, é leve e não pesa na consciência. :o)

Lasanha de Abobrinha/Courgete e Frango



Molho:

6 tomates sem pele picados
1 cebola picada
2 dentes de alho picadinhos
1 talo de aipo picadinho
8 azeitonas verdes picadas
8 azeitonas pretas picadas
Páprica
Pimenta
Sal
Salsa
Orégano
Azeite de oliva

Em uma panela refogue a cebola, o alho e o aipo no azeite.
Junte os tomates e as azeitonas.
Tempere com sal, pimenta e páprica.
Junte a salsa e o orégano.
Deixe apurar por uns 20 minutos em fogo baixo. Reserve.

Outros ingredientes:

1 abobrinha/courgete média cortada em rodelinhas muito finas
Sobras de frango assado desfiadas (+ ou - 1 1/2 xíc. (chá))
Queijo flamengo/mussarela light ralado



Montagem:

Em um refratário, espalhe um pouco de molho no fundo.
Faça uma camada com as rodelinhas de abobrinha/courgete, com a quantidade de abobrinha que você quiser. Atenção para o número de camadas que você quer ter).
Sobre esta camada, faça outra de frango desfiado.
Cubra com molho e polvilhe com queijo ralado.
Repita as camadas até acabar os ingredientes, deixando como última camada  o queijo ralado.
Cubra com papel alumínio.
Leve ao forno pré-aquecido em 200º por 30/35 minutos.
Retire o papel alumínio e deixe gratinar o queijo.


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Bolo Superúmido de Abacaxi



Aqui no blog, ultimamente, a lei que impera é "uma no cravo e outra na ferradura", porque estou intercalando as receitas para dieta com outras mais calóricas.
Hoje é dia de uma receita que fiz especialmente para o marido, que adora abacaxi. Eu não sou lá muito fã da fruta, mas admito que o bolo é maravilhoso.

Bolo Superúmido de Abacaxi
(adaptada desta receita aqui)



Ingredientes

     2 xícaras de farinha de trigo
     2 col. (sopa) de amido de milho
     1 col. (chá) de fermento em pó
     ¼ col. (chá) de sal
     raspas de 1 limão
     180g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
     ¾ xíc. (chá) de açúcar
     1 col. (chá) de extrato de baunilha
     4 ovos grandes
     500g abacaxi triturado (não drenem - ver nota)

Pré-aqueça o forno em 180º graus. Unte uma forma redonda de 20cm e forre com papel manteiga.
Em uma tigela, misture a farinha, o amido de milho, o fermento, o sal e as raspas de limão. Reserve. 
Na batedeira, bata a manteiga, o extrato de baunilha e o açúcar até formar um creme (primeiro em baixa velocidade e, em seguida, aumente gradualmente a velocidade para média-alta).  
Desligue a batedeira e raspe as laterais da tigela com uma espátula.
Volte a batedeira para a velocidade baixa e acrescente os ovos, um de cada vez, raspando a tigela após cada ovo. Deixe os ovos incorporarem completamente e, em seguida, raspe a tigela novamente. 
Não se preocupe se a mistura começar a talhar.  
Continue normalmente.
Adicione o abacaxi picado e misture rapidamente. Com o misturador na velocidade baixa, adicione a mistura de farinha em 3 vezes e misture apenas para incorporar
Desligue a batedeira e raspe a tigela com uma espátula.
Coloque a massa na forma preparada e use uma espátula para nivelar.
Asse por 50-60 minutos, ou até que espetando o palito no centro este saia limpo.  
Deixe esfriar por pelo menos 15 minutos antes de retirar o bolo da forma. 
 
Observações:

Abacaxi: na receita original foi usado abacaxi em calda. Eu usei 1 abacaxi fresco que descasquei, piquei, levei ao fogo com 1 col. (sopa) de açúcar e 1 pitada de canela até formar calda. Retirei do fogo, deixei esfriar e passei pelo mixer/varinha mágica.

Não gosto de bolos que levam amido de milho na massa, pois acho que a massa do bolo fica pesada depois de esfriar. Mas sendo a primeira vez, segui a receita. Para a próxima não colocarei o amido.


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Abobrinha no Forno

Uma boa maneira de nos mantermos longe da gordura excessiva nos pratos é usar o forno. Eu uso muito meu forninho "de brinquedo", apesar de pequenino e limitado, ajuda muito.
Aqui fica a sugestão dessa abobrinha, ou courgete como se diz aqui. Bem temperadinha é um excelente acompanhamento para peixe, frango ou mesmo aquele bifinho.
  
Abobrinha no Forno

1 abobrinha cortada em fatias finas e depois em quatro
1 cebola cortadaem quatro e depois fatiada
1 tomate em cubos
Orégano
Sal
Pimenta
Queijo flamengo light ralado
Azeite
Junte tudo em um refratário e regue com um fio de azeite.
Misture bem e leve ao forno 180º até a abobrinha estar macia (+ ou - 20 minutos).


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Tarte Prestígio com Mousse de Beijinho



Todos aqui sabem que eu sigo uma dieta para controle da minha hipoglicemia.
Ultimamente tenho postado algumas receitas que uso na dieta. Porém, o marido não precisa de dieta. Felizmente, tem uma excelente saúde e até se aventura em alguns pratos da minha dieta. Para ele preparo pratos que ele gosta e que não se encaixam na dieta.
Pelo mesmo motivo, em ocasiões especiais preparo bolos, sobremesas, pratos típicos.
Hoje posto a sobremesa que preparei para comemorarmos nossos 12 anos juntos.


Tarte Prestígio com Mousse de Beijinho

Base:

1 disco de bolo de chocolate (usei o disco reservado da Tarte do Kiko, congelado naquele dia e descongelado aqui, basta retirar do freezer 30 minutos antes de usar)

Coloque o disco de bolo no prato em que vai servir, dentro de um aro forrado com papel manteiga/vegetal. Reserve.

Mousse de Beijinho:

1 lata de leite condensado
100g de coco ralado
100g de creme de leite/natas (1/2 caixinha)
5 folhas de gelatina incolor amolecidas em água e derretidas
200g de creme de leite/natas batidas em ponto de chantilly

Em um refratário alto coloque o leite condensado e o coco ralado.
Leve ao micro-ondas em potência máxima por 3 minutos.
Retire do micro-ondas e misture bem.
Volte ao micro-ondas  por mais 2 ou 3 minutos, depende do forno. 
Misture bem e deixe esfriar.
Junte a 1/2 caixinha de creme de leite/natas e a gelatina derretida.
Misture bem.
Junte o creme de leite batido e incorpore delicadamente.
Coloque a mousse sobre o disco de bolo.
Leve ao frigorífico por, pelo menos, 2 horas.
Retire do frigorífico depois desse tempo, quando a mousse já estiver firme.
Retire o aro e o papel manteiga/vegetal.
Cubra com a cobertura.

Cobertura:

200g de chocolate meio-amargo picado
200g de creme de leite/natas
Cubos de coco

Em um refratário, coloque o chocolate e o creme de leite/natas.
Leve ao micro-ondas em potência média por 3 minutos.
Retire do micro-ondas e misture bem.
Deixe esfriar e coloque sobre a tarte.
Enfeite com cubos de coco.


segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Pão de Leite Semi-integral



Começo a semana com mais uma receita para a dieta. Desta vez resolvi me arriscar com os pães. Apesar de ser bisneta de padeiro e de minha mãe ser ótima nisso, não tenho muita intimidade no quesito.
Depois de procurar e ler muitas receitas juntei um pouco de cada, substituí alguns ingredientes e consegui este pão. Foi uma agradável surpresa, pois apesar das limitações do meu forno os pães assaram bem e ficaram fofos e macios.

Pão de Leite Semi-integral

250ml de leite desnatado/magro morno (confortável ao toque com a pele)
1 col. (sopa) rasa de açúcar (usei amarelo)
1/2 col. (sopa) de sal
1 envelope de fermento biológico seco (o que usei tinha 4,6g)

Em uma tigela misture todos os ingredientes com um fouet/vara de arames ou um garfo.
Junte a essa mistura os ingredientes abaixo:

2 ovos
2 col. (sopa) de óleo de girassol
2 col. (sopa) de azeite de oliva
1 col. (sopa) rasa de manteiga magra

Misture bem todos os ingredientes, até estarem bem incorporados.
Acrescente à mistura 200g de farinha de trigo integral peneirada.
Misture bem.
Acrescente 200g de farinha de trigo branca.
Misture bem.
Polvilhe uma superfície com farinha e coloque a mistura sobre ela.
Amasse a mistura e acrescente farinha branca conforme seja necessário para desgrudar das mãos, mais ou menos 100g.
Não acrescente muita farinha, pois o pão pode ficar pesado. Use apenas o suficiente para dividir a massa e formar os pãezinhos.
Coloque os pãezinhos em uma forma polvilhada com farinha.
Cubra-os com um pano de prato úmido e guarde-os em um local bem fechado até que os pães dobrem de volume.
Coloque os pães crescidos no forno sem o pano de prato.
Ligue-o em 200º e deixe os pães aí ate dourarem (o meu levou espantosos 15 minutos).