segunda-feira, 3 de Maio de 2010

Bacalhau à Gomes de Sá


Uma das preparações de bacalhau mais conhecida pelo mundo, o Bacalhau à Gomes de Sá é de certa maneira um ícone da gastronomia portuguesa.
Retirei a receita do site "Gastronomias". Lá existem 3 receitas, porém gostei mais desta, que reproduzo aqui.

A receita serve 4 pessoas, mas como somos dois, fiz meia receita. Por ser uma receita típica não fiz qualquer modificação ou adaptação.


"Bacalhau à Gomes de Sá"

(4 pessoas)

  • 500 gr de bacalhau ;
  • 500 gr de batatas ;
  • 2 cebolas ;
  • 1 dente de alho ;
  • 1 folha de louro ;
  • 2 ovos cozidos ;
  • 1,5 dl de azeite ;
  • azeitonas pretas ;
  • Salsa, sal e pimenta q.b.
Demolhe o bacalhau, coloque-o num tacho e escalde-o com água a ferver.
Tape e abafe o recipiente com um cobertor e deixe ficar assim durante 20 minutos.
Escorra o bacalhau, retire-lhe as peles e as espinhas e desfaça-o em lascas.
Ponha estas num recipiente fundo, cubra-as com leite bem quente e deixe ficar de infusão durante 1.30 a 3 horas.
Entretanto, corte as cebolas e o dente de alho ás rodelas e leve a alourar ligeiramente com um pouco de azeite. Junte as batatas, que foram cozidas com a pele, e depois peladas e cortadas às rodelas.
Junte o bacalhau escorrido.
Mexa tudo ligeiramente, mas sem deixar refogar. Tempere com sal e pimenta.
Deite imediatamente num tabuleiro de barro e leve a forno bem quente durante 10 minutos.
Sirva no prato em que foi ao forno, polvilhado com salsa picada e enfeitado com rodelas de ovo cozido e azeitonas pretas.

NOTA:
Esta‚ a verdadeira receita de bacalhau à Gomes de Sá , tal como a criou o seu inventor, que foi comerciante de bacalhau no Porto.
Aconselhamos a que prepare de véspera a operação de infusão do bacalhau em leite quente, para que se torne mais rápida a preparação deste prato.


Um almoço regado à vinho verde, com um prato cheio de história, tradição e sabor!

E, com esta maravilha, vou em férias! Um tempo para relaxar, namorar e rever amigos!

Até breve!