quinta-feira, 13 de março de 2014

Couve-de-bruxelas. Amar ou odiar?


Eu amo couve-de-bruxelas. Mas reconheço que esta é daquelas verduras que se ama ou se odeia.
É como o mal-amado fígado, que também adoro, há quem goste e quem deteste!
A couve-de-bruxelas é versátil, pode completar uma boa refeição de carne, peixe ou aves. Pode ser assada, cozida, refogada, mas a minha preferida é salteada na manteiga.
Foi assim que preparei este acompanhamento para o peixe frito.
Não há segredo: limpar bem, cortar ao meio, deixar em água fervente por 2 a 3 minutos. Escorrer. Saltear na manteiga, com sal, pimenta, curcuma, alho em pó e salsa picada. Pronto!
Experimente. Dê uma chance para essas lindas bolinhas verdes cheias de sabor!


12 comentários:

  1. Nô muito fácil mesmo.
    Penso que fico no meio termo.
    Mas vou fazer em breve prometo.
    Beijinhos
    Silvia Castro

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Luisa, eu detestava bananas quando era criança. Hoje como todos os dias depois do treino. Mas quiabo, por exemplo, nem em criança e muito menos hoje!
      ;o)

      Eliminar
  3. Nô querida, como vc também amo couve de bruxelas, é muito gostosa, mas fígado ai não desce, tentei gostar mas não consigo. Gostei muito da sua receita, ficaram lindinhas e apetitosas. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro figado também, Josy.
      Minha mãe criou todas as filhas do mesmo jeito, servindo o mesmo para todos nas refeições. Porém, minhas irmãs não gostam tanto de legumes e verduras como eu. Cad um é cada um, né?!
      Beijão,
      :o)

      Eliminar
  4. eu adoro e sabem tão bem estufadas é pena aqui em casa nem todos gostarem.

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui também, Sandra. O marido não gosta. Faço só para mim.
      Beijo,
      :o)

      Eliminar
  5. EU adoro e salteadas no wok é como gosto mais! Mas este ano nao consegui encontrar couves de Portugal, só da Holanda e recusei-me a comprar... por isso ando com saudades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marmita, sinceramente, não cheguei a ver a procedência. Comprei no mercado aqui perto de casa, onde compro as frutas. Da próxima vez terei atenção para saber a procedência. O abastecimento de frutas, legumes e verduras aqui na região onde vivo não é lá grande coisa. Tenho de me virar com o que encontro aqui.
      :o)

      Eliminar
  6. MUITO BOA ESSA RECEITA... GOSTEI MUITO!!!!!
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)
     
    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar

Olá. pessoal!
Deixe aqui a sua opinião. Todos os comentários são lidos e seus blogs são visitados.
As suas dúvidas são respondidas aqui ou por e-mail.
Falem, porque eu adoro conhecer suas opiniões!