sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Toucinho do Céu


Mais uma sobremesa do Ano Novo!
Toucinho do Céu é uma sobremesa típica portuguêsa, conventual, mas há variações de receitas pelo país. Com gila, com abóbora, só com amêndoas...
Quando vivia no Brasil e fornecia sobremesas para os restaurantes portuguêses, era essa receita que fazia sucesso (além do pastel de nata, claro!).
Encontrei essa receita na internet, e fui adaptando até chegar ao meu gosto.
No Ano Novo preparei uma receita, mas se tivesse dobrado a dose, teria agradado ainda mais!!! Não ficou tão bonita como quando fazia no Brasil, mas ficou igualmente deliciosa!



"Toucinho do Céu do Convento de Odivelas"

250g de miolo de amêndoas, peladas, moídas muito bem
500g de açúcar
300ml de água
9 gemas, passadas pela peneira
1 col. (sopa) de manteiga
canela em pó
1 clara em neve
açúcar de confeiteiro para polvilhar

Junte a água e o açúcar e leve ao fogo, até atingir o ponto de pérola (quando molhar a colher na calda e levantá-la, forma uma 'pérola', uma bolinha na colher). Retire do fogo e junte a manteiga, a amêndoa e uma pitada de canela. Volte ao fogo para que engrosse o doce. Retire do fogo e acrescente as gemas, misture bem e deixe amornar. Junte a clara em neve e misture delicadamente. Coloque em forma, de fundo removível untada. Forre o fundo com um disco de papel manteiga. Leve ao forno pré-aquecido em 180º. Quando fizer o teste do palito e este sair limpo, retire do forno. Deixe esfriar. Desenforme e polvilhe com açúcar de confeiteiro.

Esta foi a sobremesa dos Zés (Augusto e Duarte), pois os dois sozinhos, praticamente, devoraram a sobremesa!

28 comentários:

  1. Amei que aspecto maravilhoso
    Muito bem
    Jinhos fofos

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha!! Adoro toucinho do céu! É uma delícia!!!
    O teu ficou com muito bom aspecto!
    Beijinhos grandes*

    ResponderEliminar
  3. Uma receita muito apreciada cá em casa.
    Está excelente.
    bjsss

    ResponderEliminar
  4. Adoro!
    Para mim é irresistível mas, prefiro as versões com pouco açúcar.
    Ficou lindo.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Dos portugueses é o meu preferido! Ficou perfeito!

    ResponderEliminar
  6. Nô,

    Como tenho andado organizando as minhas revistas e livros de culinária, me deparei num deles com uma receita desse doce. No mesmo instante transcrevi a receita para um caderno, para fazê-la oportunamente. Aí vem você e publica a sua versão (que ficou sim com ótima aparência). Ai, acho que vou esquecer a receita que anotei!

    Beijinho e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  7. Que bom! esse vou fazer já! estava com ideias de fazer mas não tinha a receita! obrigado e parabéns!

    ResponderEliminar
  8. Essa sobremesa é dos céus! Maravilha!
    bj

    ResponderEliminar
  9. Hummm, é maravilhoso, parece que até sinto o aroma!
    Sabe que essa era a minha sobremesa preferida quando era pequena? Dantes, via-se muito nos restaurantes. Agora, a tendência é sempre o mais fácil e só se vê as mesmas coisas sem graça na maioria deles!
    Bjs,
    M.

    ResponderEliminar
  10. Nunca comi Nô! Mais tô aqui imaginando, que delicia deve ser! Ai queria tanto uma fatia! Bjinhos

    ResponderEliminar
  11. Adoro estas receitas de doçaria tradicional. Ficou realmente com um aspecto maravilhoso este toucinho do céu.

    ResponderEliminar
  12. Ficou lindo, nunca fiz mas penso que vou meter mãos a obra.
    bjs

    ResponderEliminar
  13. Irresistível essa sobremesa, leva ao céu mesmo rsrsr, faz juz ao nome. amei. beijnhos

    ResponderEliminar
  14. Nô, que delicia!!!!!!!!!! Sempre quis provar esse doce, tenho uma revista q tem ele e parece uma tentaçao como o seu!

    Desculpe nao vir aqui antes mas ando sem tempo, nao consigo sentar no pc, mas queria desejar a vc um feliz ano novo! E olha, aquela sua torta ja foi adaptada e virou pavê, ficou uma delicia!!!!!!!!

    Mil beijocas pra vc e pra familia!

    ResponderEliminar
  15. Olá
    Estou sempre atrás dessas delícias em restaurantes portugueses aqui no Rio de Janeiro, mas longe ainda de ter o talento de prepará-las.
    Um abraço
    e se tiver um tempo passa pra conhecer meu blog
    http://picadinhodebacana.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. Nâo sei se ja comi mas parece delicioso
    bjs :)

    ResponderEliminar
  17. Boa amiga! Tem muito bom aspecto.
    Parabéns pelo blog
    bjs docinhos

    ResponderEliminar
  18. Amiga estou com sorteio no meu Blog Silmara Layouts http://silmaralayout.blogspot.com/
    Passe lá e participe!!!
    Bjs e sucesso.

    ResponderEliminar
  19. Noêmia, que delícia de receita! E ficou lindíssima!
    Bjinhos

    ResponderEliminar


  20. Queria que soubesse que a receita do Teco Lameco não é uma variante do conhecido Toucinho do Céu.É um dode típico da região do Alto Alentejo e que é feito em dias de festa.nem sequer é considerado um doce conventual.

    ResponderEliminar
  21. Bela, Cuca, Abelhinha,Autora e Renata! Obrigada!

    Marly, há mesmo muitas versões e esta foi a que melhor se adaptou ao meu paladar! <eu recomendo!

    Doc, experiemnte e depois me diga se gostou tanto quanto eu!

    Madalena, é verdade! Hoje querem é o mais fácil e rápido, nem sempre saboroso!

    Margarida, Paula, Amélia, Tia Adelaide, Suely, obrigada pelos comentários!

    Elen, que bom que gostou da torta!

    Argas, João Mário, Scaf, Irene e Silmara! Obrigado pela visitas e comentários!

    Samma e Fabiana, é uma maravilha de doce, não é meninas?

    Anônimo, muito obrigada pela informação! Realmente, nunca ouvi falar em Teco Lameco. Acho que em Portugal há um grave problema de divulgação do que é realmente bom e tradicional. A cultura portuguêsa, apesar de andar tantos portuguêses pelo mundo é muito pouco divulgada no mundo e mesmo aqui em Portugal!
    Quando a eu dizer que o Teco Lameco é uma variação de Toucinho do Céu, eu não o disse. Acho que me fiz entender mal. Desculpe-me por isso! O que eu quis dizer é que há muitas receitas, na doçaria portuguêsa que têm muitas variações, dependendo da região, como acontece com o Toucinho do Céu. E há muitas receitas que são tão semelhantes nos ingredientes e modo de preparo, mas são receitas distintas, como o Toucinho do Céu do Convento de Odivelas e o Teco Lameco.
    Já agora que conheci o Teco Lameco, quero prepará-lo e postá-lo aqui, dizendo exatamento o que acabei de dizer aqui!

    E, para todos os meu amigos e amigas que por aqui comentaram, beijos!
    :o)

    ResponderEliminar
  22. Adorei conhecer mais uma receita tipica. A textura é otima, imagino o sabor pois adoro amendoas.
    Um abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  23. Gosto muito, já não como há imenso tempo.
    Ficou lindo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. gostamos muito de sua receita

    ResponderEliminar
  25. O bolo alentejano de que falam não é Teco Lameco mas sim Técula-Meca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário.
      Não conheço o tal bolo. Vou pesquisar.
      Entretanto, gostaria de deixar claro que esta receita foi retirada de um site português, e apesar de ter feito algumas adaptações na receita até porque é uma receita muito antiga e a adaptação é necessária principalmente nas medidas, toda a informação sobre a receita ser conventual e ser um dos tipos de toucinho do céu preparado em Portugal foi toda retirada de lá.
      Continuo lamentando, depois de dez anos vivendo em Portugal, que a cultura e gastronomia portuguesa seja tão pouco divulgada no mundo e mesmo dentro de Portugal.

      Eliminar

Olá. pessoal!
Deixe aqui a sua opinião. Todos os comentários são lidos e seus blogs são visitados.
As suas dúvidas são respondidas aqui ou por e-mail.
Falem, porque eu adoro conhecer suas opiniões!