segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Felicidade!

Eu!

Hoje aqui na minha cozinha não haverá receita nova. Hoje vou sentar, com uma xícara de café, uma fatia de bolo e conversar com todas vocês que quiserem me acompanhar!
Depois de um grande fim de semana, cheio de preguiça da boa, de risos e boas conversas, de filmes e de um grande e delicioso choco frrrite em Setúbal no domingo, no Café com C, que para mim é o melhor choco frito que eu já comi até agora, hoje eu acordei com boas lembranças!
Quando abri os olhos pela manhã, ouvi um coro de crianças cantando, aqui na minha cabeça. Eu conhecia aquelas vozes e conhecia aquela melodia. Aos poucos fui me lembrando da letra, que é assim:

Alô!
Bom dia!
Como vai você?!
Um olhar sempre amigo,
um largo sorriso,
um aperto de mão!
E a gente sem saber,
como e porquê,
se sente feliz e sai a cantar
uma alegre canção!
Um Bom dia! nada custa
ao nosso coração,
e é bom fazer feliz
o nosso irmão!
Por Deus se deve amar,
amar sem distinção!
Alô!
Bom dia, irmão!

1º ano de escola. Minha professora foi a Irmã Cecília.

É isso! Cantávamos essa canção todos os dias no Colégio João XXIII, antes de entrar para as aulas, nos primeiros anos da escola. Sou muito grata por ter tido a oportunidade de estudar lá, porque além do bom ensino das disciplinas, ainda tínhamos uma boa continuação da educação dos nossos pais, com valores que nunca perdi! Quando a escola e o ensino eram levados à sério!
Chegávamos à escola, e lá estava a Irmã Armida a nossa espera! Com ela no comando, cantávamos alegremente e subíamos para a sala de aula.


Ali no cantinho, Irmã Armida. Retirei essa foto do site do Colégio João XXIII.

Não sei se foi o aniversário, mas ando nostálgica e estou adorando! Gosto de recordar a maravilhosa infância e adolescência que tive, quando o respeito não era apenas uma palavra no dicionário!
E você? Quais as suas boas lembranças?

Último ano no João XXIII. Aqui com colegas de turma e com o nosso amigo e professor José Waldir (de chapéu!).

- Se quiser conhecer a história do Colégio João XXIII, clique aqui.

17 comentários:

  1. ixi eu to na preguisa tambem ... Hoje eu não coloco o avental ....


    abraço
    Daniel Moura
    http://feitonahora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Estudei em colégio de freiras, e por mais que muitas pessoas falem mal, eu adorava. Acho que os valores que são ensinados nessas escolas valem para a vida inteira! Como são boas essas lembraças de escola!

    ResponderEliminar
  3. Quantas lembranças boas, heim amiga!
    Ás vezes me pego assim também, mas isso é tão bom, não é!
    Chego a sentir um aperto no peito de pensar que isso já foi longe e agora só restam as recordações.
    Mas que privilégio o nosso, não é mesmo?!

    Bjuss, carregados de emoção!

    ResponderEliminar
  4. Nô, gostei deste teu post, diferente do habitual ;)
    É bom ter recordações e memórias salutares da nossa infância e adolescência.
    Deste-me a ideia para um post. Obrigada :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Nôô,

    Este post me fez arrepiar! Isto porque me lembrei de ter cantado esta canção, nos meus primeiros anos escolares ('jardim' e 1ª série).
    Depois disso, eu a ouvi muitas vezes, no rádio, pois era uma espécie de tema de abertura de um programa matutino! Puxa, quantas saudades!
    Adorei o post e as fotos! Ele também me evocou ótimos filmes antigos, como o 'Ao Mestre com Carinho' (To Sir With Love), embora as nossas escolas fossem bem diferentes daquela do filme, rsrs. Por fim, devo dizer que você sempre foi bonita, né? Que menina mais fofa, a Nôzinha, rsrs.

    Um beijo e boa semana!

    ResponderEliminar
  6. Vc era uma gatinha, super linda! Bom quando eu era criança, minha mãe me ensinou a nunca responder os mais velhos do que eu, a pedir a benção dos meus pais, tios e avós! Brincava na terra, tomava banho de chuva, fazia sopa de pétalas de rosa, tive uma barraca de limonada, igual o Denis o pimentinha. A eu fui muito feliz na minha infância! Fui tia muito nova, eu tinha 7 anos quando nasceu minha primeira sobrinha, acho que hoje sou muito madura para minha idade, desde os oito anos já chegava da escola, esquentava minha comida, e limpava a casa, minha mãe e meu pai trabalhavam fora, hoje eu tenho 24 anos, e as vezes me sinto muito responsável, os meus amigos não são como eu! Beijos e uma ótima semana!

    ResponderEliminar
  7. Oii :-)

    É tão bom lembrar....Ainda mais em uma cozinha, com uma xícara de café e uma fatia de bolo :-)
    Normalmente, uma xícara de café e uma fatia de bolo me fazem lembrar da cozinha da minha avô. Morei com ela minha vida toda e agora estou longe.
    Aquele era o melhor lugar do mundo.....

    Bjs Bjs e boa semana :-)

    ResponderEliminar
  8. Ai que gostoso ler teu post... bom ter recordações assim né?
    Me veio uma lembrança da infância agora, eu sentada na escada que dava para o quintal, vendo minha avó cozinhar, enquanto eu afagava os cachorrinhos no quintal... ai que delícia... bom sentir saudade, bom poder lembrar dessas coisas...
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. que delicia de post Nô!!lembrar passagens boas das nossas vidas é tudo de bom mesmo!!!!!!!a infância é uma coisa que não sai de nossa memoria..mesmo que passe muitos anos!!!bom sentir saudades!quando bate isso na gente..é porque o passado foi muito bom!amei as fotos..bjus

    ResponderEliminar
  10. Nô,
    Também estudei em colégio de freiras e já cantei muito essa música!!!
    Viajei no túnel do tempo com seu post.
    Que coincidência, hoje tem um post sobre meu passado na escola, reminiscências promovidas pela Giovanna, do blog Bordados e Retalhos! Não sei se você a conhece. Ela está promovendo uma série chamada "Eu frequentei a escola"
    Ficou assim:
    http://bordadoseretalhos.blogspot.com/2010/10/gina-na-serie-eu-frequentei-escola.html

    Boa semana pra você!

    ResponderEliminar
  11. Querida Nô,
    que belo post pleno de nostalgia... Também tive uma infância muito feliz noutro país e a minha mente e o meu coração estão povoados de episódios engraçados, de momentos tão doces, de amigos tão puros na sua ingenuidade de crianças... Concordo plenamente com a Nô sobre o respeito: penso que esta palavra está hoje em dia a reduzir-se apenas nisso: numa mera palavra, com muita tristeza minha.
    Adorei ver as fotografias e se a primeira é a Nô enquanto criança, digo-lhe que era uma lindíssima criança com um olhar muito doce e um sorriso de princesa!
    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  12. Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiii,vc lindinha e com a carinha sweet como sempre.bjimmmmmmmmmmmmmm sosso

    ResponderEliminar
  13. é realmente uma delíca ter boas memórias da infancia,da escola e dos mestres, eu tmbm vivo lembrando os meus aqui no blog.parabens pelo post. bjs

    ResponderEliminar
  14. É bom recordar, quando as lembranças são boas.

    Bjinhos
    Papinha Doce

    ResponderEliminar
  15. Daniel, Danieli, Rachel, Marly, Manuela, Fefe, Fla, Iliane, Gina, Isabel, Sonia, Angela, Maria José, Anônimo e Maria!
    Obrigada à todos por colocarem aqui as suas lembranças, também!
    Com os da minha idade e que tiveram o prazer de cantar essa canção na escola, obrigada por não se esquecerem dela!
    Saudade!
    Beijos à todos!
    :o)

    ResponderEliminar

Olá. pessoal!
Deixe aqui a sua opinião. Todos os comentários são lidos e seus blogs são visitados.
As suas dúvidas são respondidas aqui ou por e-mail.
Falem, porque eu adoro conhecer suas opiniões!