segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Um clássico!


Meu marido, José Augusto, é português. Adora experimentar pratos novos, conhecer novas culinárias. Mas também gosta muito dos pratos e sobremesas tradicionais da culinária lusitana. Outro dia, ele estava falando de como gosta de Pudim de Ovos. Bem, devo confessar que eu prefiro um Pudim de Leite, Pudim de Leite Condensado, Brigadeirão, coisas mais tupiniquins. A grande quantidade de ovos numa receita não me agrada, particularmente. Porém, resolvi experimentar e satisfazer o gosto do Sr. José Augusto. Fui em busca de uma receita na internet. Vi blogs e mais blogs, sites de receitas, sites de marcas de açúcar, de leite, de tudo! Nada me agradou. Resolvi então pegar no que gostava, de várias receitas, e construir um pudim. Assim nasceu o Pudim Frankenstein, huahuahua! Como gostam algumas pessoas de dizer "uma nova leitura para um clássico". Ui, que chique!!!


"Pudim de Ovos"

6 ovos
1l de leite (use meio gordo ou gordo, pois aqui é preciso)
1 e 1/2 xíc. (chá) de açúcar
1/2 lata de leite condensado
1 xíc. (café) de Moscatel de Setúbal (foi o que eu usei, mas pode ser trocado por um licor de sua preferência, ou vinho do porto)
1 col. (sopa) de essência de baunilha
2 col. (sopa) rasas de maizena (ou farinha de trigo, se preferir)

"Calda Caramelo"

1 xíc. (chá) de açúcar
1/2 xíc. (chá) de água fervente

Coloque o açúcar numa panela (eu prefiro frigideira) e leve a fogo baixo. Deixe ir alourando, sem mexer com colher, vá mexendo a panela, inclinando. Vá juntando aos poucos a água fervente, para que esta vá desmanchando os grumos. Deixe ferver por uns 5 minutos. Barre a forma de pudim com a calda quente.

No copo do liquidificador, coloque o leite condensado, o Moscatel, a baunilha e a maizena. Misture esses ingredientes, rapidamente. Junte o leite até que a mistura atinja a marca de 1 litro, do copo do liquidificador. Acrescente o açúcar e os ovos. Misture até estar tudo incorporado, rapidamente.
Unte uma forma com caramelo e coloque a mistura por cima. Leve ao banho-maria no fogão ou forno como preferir. Pode também ser feito no microondas, potência alta começando em 15 minutos. Em todos os casos, o pudim estará pronto quando for espetado por um palito, ou faca, e estes saírem secos. Deixe esfriar para desenformar. Leve ao frigorífico e sirva frio.
O José Augusto gostou muito do resultado. Disse-me que não ficou como o tradicional, mas que estava muito bom!
Qualquer dia desses estarei de volta ao "laboratório" para aperfeiçoar a minha "criatura"!!!

6 comentários:

  1. Meu amoreco, adorei o Pudim Frankenstein!!!!
    Amo-te muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Ai, Noêmia, o seu blog é liiiindo e as receitas deliciosas!!!

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, M.!
    Gosto de receitas simples.

    ResponderEliminar
  4. olá

    consegui ca chegar:))) nos seguidores não aparece o link ao blog:)

    obrigada pela visita:)
    volta sempre e gostei muito do teu blog!!

    smsn.artes

    ResponderEliminar
  5. oi noemia adorei seu blog .tem receitas praticas e faceis de fazer.sou brazileira mas moro no japao a 15 anos.

    ResponderEliminar
  6. Olá, Elaine!

    Obrigada pela visista e pelo comentário!
    Seja sempre bem-vinda!
    Nossa, 15 anos no Japão! Adoro conhecer pessoas, que como eu, vivem noutro país e saber sobre as suas impressões sobre a cultura e a sociedade do país adotado!
    Um beijo!
    :o)

    ResponderEliminar

Olá. pessoal!
Deixe aqui a sua opinião. Todos os comentários são lidos e seus blogs são visitados.
As suas dúvidas são respondidas aqui ou por e-mail.
Falem, porque eu adoro conhecer suas opiniões!