quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Feliz 2010 à todos nós!


Aos meus amigos, todos que por aqui passam, para o mundo: que 2010 seja muito, mas muito bom!

Há, exactamente, 1 ano tive um reveillon inusitado. Havia pouco mais de 24 horas que terminara uma cirurgia ao meu crânio e cérebro, feita nestes dias pois o caso era urgente. Mas como tudo correu bem, meu médico deixou eu passar a noite de reveillon em casa, com meu marido. Zé Augusto esmerou-se! E, seguindo instruções minhas (deitada no sofá), preparou um dos melhores risotos de camarão que eu já comi! Nunca me esquecerei, pois depois voltei ao hospital e fiquei mais 8 dias com a 'comidinha' de lá!
Por isso, estar aqui preparando um jantarzinho especial de reveillon, para meu marido e eu, é a celebração de uma vitória! Vitória na recuperação da saúde!
Não posso deixar de agradecer às pessoas que estiveram envolvidas nesse processo, especialmente ao meu marido. Não teria conseguido sem a sua dedicação, seu carinho e seu amor!

E é por isso que eu desejo à todos:

quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Bolo Brigadeiro


Como prometido no post anterior, hoje vou colocar aqui a receita do Bolo Brigadeiro, pedido do meu marido para o Natal!
É uma receita que faço há anos, mas desta vez usei outro recheio que, aliás, ficou muito melhor que o original!


"Bolo Brigadeiro"

Esta é uma receita grande! Eu fiz meia receita, por isso se forem usar a receita toda, usem forma de 30cm com laterais altas!

Massa:

2 xíc. (chá) de açúcar
4 gemas
4 claras em neve
3/4 xíc. (chá) de azeite de oliva extra virgem (ou óleo de canola ou milho)
1/2 xíc. (chá) de chocolate em pó
1/4 xíc. (chá) de cacau em pó
3/4 xíc. (chá) de água morna
2 xíc. (chá) de farinha de trigo peneirada
2 col. (chá) de fermento em pó
1 col. (chá) de bicarbonato de sódio

Bata o açúcar com as gemas, junte o óleo, o chocolate em pó, o cacau. Junte a água aos poucos. Por último junte a farinha. Bata bem. Fora da batedeira, acrescente as claras em neve, misture bem, devagar, de baixo para cima. Acrescente o fermento e o bicarbonato e misture bem. Leve ao forno pré-aquecido a 200º, em forma untada e enfarinhada. Depois de assado, deixe arrefecer sobre uma grade.

Calda:

4 col. (sopa) de chocolate em pó
1 col. (chá) de café instantâneo
1 xíc. (chá) de água
1 e 1/2 xíc. (chá) de açúcar

Coloque tudo numa panela e leve ao fogo até levantar fervura e dissolver o açúcar e o chocolate. Reserve.



Recheio:

Para este bolo eu resolvi usar como recheio o Brigadeiro que fiz e enviei aos meus amigos secretos da blogosfera, como podem ver aqui.
A receita é da Paula do The Cookie Shop. Nem preciso dizer que fiquei extasiada com eles! Divinos, macios! Meu marido amou! Usei duas receitas e deixei o brigadeiro num ponto mais mole. A receita está aqui!

Montagem:

Na mesma forma em que assou o bolo, coloque uma parte da massa e regue-a com metade da calda. Coloque o brigadeiro do recheio sobre essa parte e cubra com a outra. Regue com o restante da calda. Leve ao frigorífico por, no mínimo, 3 horas. mas fica melhor de um dia para o outro.
Como cobertura usei ganache de chocolate meio-amargo, a receita está aqui, basta dobrar a quantidade dos ingredientes. Polvilhei com chocolate granulado e, como era Natal, fiz um caminho de açúcar de confeiteiro para a chegada do trenó de Papai Noel!



segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

E o Natal foi assim...

... feliz, alegre, com amigos e muita diversão!
Desde que regressámos à Portugal, sempre comemoramos o Natal na casa de nossos amigos José Duarte e Mena. E este ano não foi diferente!
Vou postar aqui algumas fotos de sobremesas que preparei para levar, atendendo aos pedidos dos amigos e do meu marido!


Pedido do Zé Duarte: Torta Merengue de Côco! A receita está aqui!


Pedido da Mena e do seu filho, Rúben: Gelatina Arco-Íris! A receita está aqui!


Pedido do Zé Augusto, meu marido: Bolo Brigadeiro! A receita postarei em breve!

Na casa da Mena havia muito mais, mas eu não tirei fotos! Fica-se na conversa, na diversão e quando vemos, esquecemos de fazer as fotos! Tarte de Natas, Torta de Laranja, Mousse de Chocolate, Filhóses, Sonhos, Bacalhau, Peru, Borrego! 14 pessoas muito bem servidas e satisfeitas com os pratos e a simpatia dos anfitriões!

Mas a época é também para lembrar dos queridos que estão longe, como a minha família no Brasil e os que já se foram, como meus avós, em particular a minha Vó Maria, grande companheira!
E hoje, dia 28 de Dezembro, há exatos 25 anos, a partida do meu pai. Inesperadamente ele se foi. Entre a alegria de um Natal perfeito, como foi, e a tristeza de perder o melhor pai do mundo! Eu continuo falando com ele, contando as novidades, pedindo conselhos. Eu ainda o sinto muito presente, pois o que partiu foi a matéria. O seu espírito, a sua essência continua aqui comigo e com as minhas irmãs, com a minha mãe e com todos que o amavam!


E que venha 2010!

sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Para Este Natal!



Para comemorar este Natal, além das "encomendas" dos amigos, ainda sobrou um tempinho para preparar um bolinho para o pequeno-almoço do dia de Natal.
Aproveitei a receita da "Cuca de Pêras, Nozes e Chocolate", troquei as pêras por framboesas e groselhas (para ficar com uma cor vermelhinha!), as nozes por avelãs e o chocolate 85% por chocolate branco! Ficou linda e muito saborosa!


Feliz Natal!


quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

Feliz Natal à Todos Nós!


http://4.bp.blogspot.com/_5ZytAPk_aDw/SzHz3mpKvQI/AAAAAAAABHo/ELgShZlUZ58/s1600-h/beautiful-christmas-tree.jpg

Gostaria de poder cumprimentar todos, individualmente, mas o tempo é curto para tantas coisas que quero fazer!
Aproveito para desculpar-me com vocês, pois ultimamente tenho visitado todos os blogs que conheço, mas não tenho deixado comentários por falta de tempo.

Deixo aqui para todos vocês, os que visitam, os que seguem, os que passam, os que comentam, os que não comentam, os que gostam, os que não gostam muito, enfim, o meu desejo de que esse Natal seja muito bom!

Para mim será um Natal especial, cheio de alegrias, recompensas, amor e muita, muita saúde!!!

Feliz Natal à todos nós!

segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Nós Amamos Coxinha!


Bem recheada, massuda, crocante! Amamos! Só sentimos falta do catupiry..., mas dá-se um jeito!!!
Esta receita foi passada para a minha mãe pela minha "Tia" Celina, mãe da minha amiga Susi do Histoblog, já há muitos e muitos anos. Minha mãe nunca mais usou outra receita, pois esta é realmente muito boa!


"Coxinha"

Massa:

3 xíc. (chá) de leite
3 xíc. (chá) de farinha de trigo
1 e 1/2 col. (sopa) de manteiga
1 cubo de caldo de galinha

Coloque o leite, a manteiga e o cubo de caldo de galinha numa panela e leve ao fogo. Assim que levantar fervura, deite toda a farinha, de uma só vez, sobre o leite e mexa vigorosamente até formar uma bola, solta do fundo da panela. Deite esta bola sobre uma superfície (bancada do lava-louça, uma pedra mármore, etc.) untada com manteiga. Vá esticando a massa com o rolo de macarrão e junte novamente. Repita a operação até que a massa esteja numa temperatura suportável para que seja sovada à mão. Quanto mais amassar, mais cremosa fica a massa. Divida a massa em rolos e os rolos em pedaços. Abra cada pedaço na palma da mão e coloque um pouco de recheio. Feche e vá reservando.


Recheio:

1 peito de frango, cozido e desfiado
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
1 pires de tomate seco picado
1 pires de azeitonas verdes picadas
salsa
azeite

Refoque a cebola e o alho no azeite, em uma panela. Junte o frango desfiado e o tomate seco, as azeitonas e a salsa. Misture e deixe refogar. Reserve.

No lugar do Catupiry* , usei queijo fundido (aquele dos triangulinhos).


Finalização:

1 clara de ovo
pão ralado (farinha de rosca)
óleo para fritar

Depois das coxinhas formadas, unte as mãos na clara de ovo e vá passando as coxinhas pelas mãos e depois pelo pão ralado. Frite em óleo quente.
Rende 30 coxinhas de tamanho médio.


* link para site do produto original

sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Quiche de Brocoli, Tomate Seco e Bacon

Existem inúmeras receitas de quiche. Desde as originais e tradicionais até as inventadas. Bem, a de hoje é uma dessas, inventada! O resultado me agradou muito!


"Quiche de Brocoli, Tomate Seco e Bacon"

Massa:

200g de farinha e trigo
50g de farinha de trigo integral
125g de manteiga sem sal, muito gelada, cortada em cubos
1 col. (chá) de tempero para legumes em pó (ou sal)
3/4 de xíc. (chá) de água gelada

Coloque tudo no processador (robot de cozinha) e pulse até formar uma bola. Se for usar as mãos: misture as farinhas e o tempero em pó, junte a manteiga e amasse com um garfo até formar uma farofa. Junte a água e amasse com as mãos até formar uma bola. Embrulhe a massa num filme plástico e leve ao frigorífico por 30 minutos.


Recheio:

1 maço pequeno de brocoli cozido com pouco sal e picado bem miudinho
1 cebola pequena picadinha
2 dentes de alho picadinhos
azeite de oliva
100g de bacon cortado em cubinhos bem pequeninos
1 pires de tomate seco cortado em cubinhos bem pequeninos
sal
pimenta preta
1 col. (chá) de caldo de legumes em pó (ou sal)
250ml de iogurte natural
200ml de creme de leite (natas) de caixinha
3 ovos grandes
100g de mussarela ralada bem fininha
pimenta preta
páprika

Em uma panela, leve a cebola, o alho e o bacon para dourar no azeite. Junte o tomate seco e o brocoli, pimenta e sal, se necessário. Deixe refogar bem. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Reserve.
Em uma tigela, junte o creme de leite, o iogurte, o caldo de legumes e os ovos e misture bem para que fique um creme liso. Junte uma pitada de pimenta preta e outra de páprika e a mussarela. Misture bem. Junte esse creme ao brocoli refogado e incorpore bem. Reserve.


Montagem:

Abra a massa com o rolo da massa e cubra o fundo de uma forma de fundo removível. Fure o fundo com um garfo. Deite o creme com o brocoli sobre a massa e arranje a borda da massa que ficar na forma. Leve ao forno pré-aquecido a 180º, por uma hora.

quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

Amigo Secreto da Blogosfera

A Ana do blog Eu Mulher teve a iniciativa de programar um Amigo Secreto entre as blogueiras. Bem, quando vi o post da Ana anunciando a iniciativa fiquei muito feliz e animada. Mandei o e-mail de participação imediatamente!
Os dias foram passando. Sorteio feito, e-mail com dados da Amiga Secreta enviados. A ansiedade aumenta: "Será que minha amiga vai gostar do que enviei? Quem será que me tirou???"
Ontem, tive um dia invulgar. Começou com tristeza, minha prótese de dois dentes resolveu abandonar o seu posto e eu fiquei com um buraco do tamanho do Grand Canyon entre os dentes! Para completar, tinha um compromisso marcado e não podia faltar. Lá vou eu, sempre falando para mim mesma: "Não sorria! Não abra a boca! Não respire!!!
Já saindo de casa, confiro a minha caixa de correio e lá encontro um aviso para ir retirar uma encomenda na estação dos correios, vinda do Brasil! Comecei a me animar!
Saio do compromisso. Tenho tempo de ir ao correio antes de ir ao dentista, que vai 'concretar' a prótese no seu lugar.
Chego ao correio e, quando a funcionária me entrega a caixinha, esqueço a prótese e solto um sonoro 'Eeeeeehhhhhh' bem alto e com um sorriso de orelha a orelha! Ficou todo mundo me olhando, como se eu fosse meio 'pancada'. É que quando vi o nome da
Raquel Azevedo do 'Na Biroskinha' na caixinha fiquei muito feliz. Adoro o blog da Raquel! Cheio de pratos ótimos e lindos! Uma diversidade de fazer os olhos brilharem!
As lembrancinhas que a
Raquel mandou não poderiam ser mais perfeitas! Eu amo artesanato e ela me enviou o típico artesanato de Taubaté! Ameeeeeeiiiiii!!!
Raquel, muito obrigada! Eu adorei as lembranças, o cartão e a sorte de ter saído meu nome para você!!!
Agora vou mostrar as coisas lindas que a
Raquel me enviou!

Aqui estão todas reunidas, com o cartão e um panfleto sobre Taubaté!

Aqui o Pavão, símbolo do artesanato de Taubaté, o presépio com a típica 'chuva' de pombinhos, o Espírito Santo e um cartãozinho da Casa do Figureiro, onde convivem os artesãos de Taubaté.

Terra de Monteiro Lobato, não poderiam faltar personagens do "Sítio do Pica-Pau Amarelo". Aqui estão o Saci e a Emília!

Aqui o cartão da Raquel, onde ela diz que ficou muito feliz por ter calhado o meu nome à ela e que comprou a lembrança com carinho para que fique na minha memória a nossa amizade, mesmo que virtual!

A amizade pode ser virtual, mas o carinho sempre existe! Muito obrigada,
Raquel!

E muito obrigada a
Ana, cuja iniciativa trouxe tanto carinho e amizade sincera para a blogosfera!

segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Pó Caseiro para Cappuccino


E o frio está chegando! Hoje acordei com a temperatura em zero grau! Com esse friozinho, só nos apetece as coisinhas quentes! Sopas, cozidos, café com leite, chocolate quente, cappuccino. Eu gosto muito de cappuccino e costumo fazer um pó caseiro, para poder saborear bem quentinho, nesses dias frios, no pequeno-almoço!


"Pó Caseiro para Cappuccino"

1/2 xíc. (chá) de café solúvel (usei Gold)
3 xíc. (chá) de leite em pó (usei meio-gordo/semi-desnatado)
3 col. (sopa) de chocolate em pó (usei 32%)
2 col. (chá) de fermento em pó
1/2 col. (chá) de canela em pó
4 bagas de cardamomo

Colocar tudo no liquidificador e bater até ficar um pó bem fininho. Guardar em vidro bem fechado.
Eu uso 2 col. (chá) de pó para uma caneca de leite magro/desnatado quente. Podem usar mais ou menos, depende do gosto de cada um.

Uma nota de curiosidade: o café bebido na Jordânia é um dos mais apreciados no mundo. Diz, quem já o provou, que nunca se esquecerá do sabor! Bem, ao que parece, o que faz o café na Jordânia ser tão saboroso é que os grãos de café torrados são moídos no pilão com uma parte de bagas de cardamomo, o que dá ao café um sabor sem igual!
Como eu sou uma fã ardorosa de cardamomo, resolvi acrescentar na minha receita, de anos, de cappuccino. Adorei! Fica com um toque muito especial! Eu recomendo!

quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

Bolo de Aniversário da Minha Amiga Mena


Eu disse para vocês que faria muitas coisinhas que gosto no feriado, lembram-se?
Passeei, namorei, comprei e ainda sobrou tempo para fazer o bolinho de aniversário da minha única amiga 'física' que tenho em Portugal!
A Mena é uma pessoa sem igual! Ela, e o marido José Duarte, estão sempre ali quando você precisa! Seja para diversão seja para coisas mais complicadas. Tem uma energia trifásica! Adoro ela!
Bem, há algum tempo ela pediu que eu fizesse o bolo de aniversário dela, que foi ontem, dia 9 de Dezembro. Preparei o bolo e recheei no feriado e confeitei ontem. Ainda estou muito 'enferrujada', mas acho que saiu bem! A Mena adorou o bolo e os convidados, entre eles eu e o marido, também!!!
As fotos não ficaram muito boas, mas mostram bem o bolo, quando terminei de confeitar e o interior dele, já na casa da Mena.


"Bolo de Aniversário da Mena"

Um bolo bastante grande. Serve bem 30 pessoas.

Massa:

2 e 1/2 xíc. (chá) de farinha de trigo
1/2 xíc. de (chá) de maisena
1 e 1/2 xíc. (chá) de açúcar
1/2 xíc. de (chá) de azeite de oliva (ou óleo)
1/4 xíc. (chá) de leite
1 col. (sopa) rasa de fermento em pó
4 ovos

Coloque em uma tigela todos os ingredientes secos, peneirados. Junte os líquidos e mexa. Não é necessário bater, apenas mexer para que tudo fique muito bem incorporado. Coloque em assadeira untada e enfarinhada. Leve ao forno pré-aquecido em 200º de 30/40 minutos. Despois de assada, deixe esfriar sobre uma grade. Reserve.
Fiz 3 receitas, em 2 acrescentei 1 col. (chá) de canela moída.


Recheios:

1-) Chocolate com Framboesa

100g de chocolate meio amargo picado
1 e 1/2 xíc. (chá) de leite
1 lata de leite condensado
3 col. (sopa) de maisena
1 col. (sopa) de manteiga sem sal
1 xíc. (chá) de framboesa
100ml de creme de leite fresco, batido em ponto de chantilly

Numa panela, coloque 1/2 xíc. de leite e o chocolate picado. Em fogo baixo, deixe o chocolate derreter. Junte a manteiga e o leite condensado, continue mexendo bem até incorporar. Dissolva a maisena no leite restante e junte à panela. Mexa até formar um creme. Retire do fogo e deixe amornar. Junte as framboesas. Deixe esfriar completamente e junte o chantilly, mexendo delicadamente. Reserve.

2-) Côco

É, basicamente, o recheio da Torta Merengue de Côco, que fiz propositadamente para que eles provassem e eu me certificasse que eles gostavam do recheio.

1 lata de leite condensado
1 col. (sopa) de açúcar
80g de côco ralado
2 gemas, passadas pela peneira
2 xíc. (chá) de leite
4 col. (sopa) de maisena


Dissolva a maisena no leite, coloque em uma panela junto com os outros ingredientes. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até que forme um creme espesso. Deixe esfriar. Reserve.

Calda:

2 xíc. (chá) de água
1 xíc. (chá) de açúcar
2 cravinhos
6 bagas de cardamomo amassadas

Juntar tudo e lavar ao fogo até formar uma calda muito rala.

Na forma onde assou os bolos, colocar uma parte da massa assada com canela. Molhar com 1/3 da calda. Colocar o recheio de côco sobre a massa. Espalhar por igual. Colocar a massa assada sem canela sobre o recheio de côco. Molhar com mais 1/3 da calda. Colocar o recheio de chocolate sobre a massa. Espalhar por igual. Colocar a segunda massa com canela sobre o recheio de chocolate. Terminar com a calda. Embrulhar bem com papel alumínio e levar ao frigorífico de um dia para outro.



Cobertura:

1-) Ganache Branco para cobrir o bolo:

400g de chocolate branco picado
150ml de creme de leite de caixinha
1 col. (chá) de manteiga sem sal

Coloque tudo num refratário e leve ao microondas por 2 minutos na potência 5. Retire do microondas e misture, até estar tudo bem incorporado. Deixe esfriar. Leve ao frigorífico por uns 15 minutos. Retire e bata coma batedeira para engrossar até ao ponto de poder espalhar pelo bolo com uma espátula.

2-) Ganache escuro para os acabamentos em pitanga:

200g de chocolate meio amargo picado
60ml de creme de leite de caixinha
1/2 col. (chá) de manteiga sem sal

Repita o processo do ganache branco.

3-) Ganache branco líquido para o fundo do aro de cobertura:

100g de chocolate branco picado
100ml de creme de leite de caixinha

Misturar, aquecer no microondas, como nos anteriores. Aplicar no bolo quando ele estiver num morno para o frio e ainda 'líquido'.

4-) Ganache escuro líquido para pingar no aro de cobertura:

50g de chocolate meio amargo picado
50ml de creme de leite de caixinha

Mesmo processo do anterior.


Desenformar o bolo sobre uma bandeja. Cobrir todo o bolo com o ganache branco de cobertura. Fazer uma fileira de pitangas, com o ganache escuro, em toda a volta do bolo, e no centro (use um marcador de alumínio ou um pires para marcar). Faça pitangas no bolo, junto à bandeja para dar acabamento.
Com o auxílio de uma colher, coloque o ganache branco 'líquido' no aro que formou entre as pitangas de ganache escuro. Com o auxílio de outra colher, vá pingando o ganache escuro 'líquido' sobre o branco. Com um palito, vá fazendo desenhos, misturando os ganaches.
Leve ao frigorífico por, no mínimo, 2 horas.

terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

Torta Merengue de Côco


Booom diiiaaa!!!
Que belo dia! Feriado, maridão aqui por casa e coisinhas que eu amo para fazer!
Hoje vou passar o dia fazendo coisas que adoro! Logo mostro tudo para vocês! Por enquanto, deixo aqui a receita de uma Torta Merengue de Côco, para começar um excelente dia!!! Com um cafézinho bem cremoso, boa dupla!


"Torta Merengue de Côco"

Massa:

1 xíc. (chá) de farinha de trigo
1 col. (sopa) de açúcar em pó (confeiteiro)
1 col. (chá) rasa de canela
1/3 de xíc. (chá) de manteiga muito fria, picada
2 col. (sopa) de água muito fria

Junte a farinha, o açúcar e a canela com a manteiga. Vá 'beliscando' a manteiga com a farinha até formar uma farofa. Junte a água e amasse até formar uma bola. Abra com o rolo da massa, muito fina, e forre uma forma de fundo removível de 25cm de diâmetro. Apare a borda, cubra com filme plástico e leve ao frigorífico por 30 minutos. Depois deste tempo, fure a massa com um garfo. Cubra-a com 2 folhas de papel alumínio, moldando bem a massa na forma, para que a massa não 'levante' enquanto assa, e leve ao forno aos 200º por uns 15/20 minutos. Retire o papel e deixe assar por mais uns 10 minutos ou até que ela fique ligeiramente dourada.

Recheio:

1 lata de leite condensado
1 col. (sopa) de açúcar
80g de côco ralado
2 gemas, passadas pela peneira
2 xíc. (chá) de leite
4 col. (sopa) de maizena

Dissolva a maizena no leite, coloque em uma panela junto com os outros ingredientes. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até que forme um creme espesso. Deixe esfriar.

Merengue:

2 claras
1 pitada de sal
1/2 col. (chá) de fermento em pó
1/4 de xíc. (chá) de açúcar em pó (confeiteiro)

Na batedeira, bata as claras com o sal e o fermento, até formar espuma. Junte o açúcar e bata até formar picos firmes. Reserve.

Montagem:

Coloque o recheio, já frio, sobre a massa. Sobre ele, coloque o merengue, fazendo picos com as costas da colher. Sapique um pouco de côco sobre o merengue. Leve ao forno para que os picos do merengue fiquem dourados.

domingo, 6 de Dezembro de 2009

Filés de Avestruz com Maçã Caramelada


Hoje experimentei carne de avestruz. Meu marido já havia experimentado, há muitos anos. Gostei muito! Como foi a primeira vez que preparei, resolvi improvisar com o que eu tinha aqui por casa. Deu muito certo! Esta receita vai para o meu caderninho!!!


"Filés de Avestruz com Maçã Caramelada"

400g de filés de avestruz
sumo de 1 limão siciliano
flor de sal
pimenta preta
1 col. (sopa) de açúcar
um fio de azeite
2 col. (sopa) de manteiga
1 maçã cortada em cubos

Coloque os filés de avestruz numa travessa. Deite sobre eles o sumo do limão, flor de sal e pimenta. Deixe repousar por 30/40 minutos.
Numa frigideira, deite o azeite e a manteiga e deixe derreter. Deite o açúcar e misture bem, deixe que aloure um pouco. Coloque os filés e deixe-os grelhar, dos dois lados. Assim que estiverem grelhados, no ponto de sua preferência, retire-os para um prato. Coloque a maçã na frigideira e deixe por alguns minutos para que caramelizem no molho. Coloque as maçãs sobre os filés.


Acompanhei os nossos filés com puré de batatas, receita aqui.

sábado, 5 de Dezembro de 2009

A tua batata tá assando!!!



Passagem rápida para postar fotos das batatas-doce assadas do marido!
Sem receita, sem dificuldade! Cheias de sabor!!!
Escolha as de menor tamanho, lave-as bem, corte-as ao meio e leve ao forno, num tabuleiro. Uma hora aos 200º. Pronto! Agora é só se deliciar!!!



Com este friozinho...

quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Torta Cremosa de Palmito


Ontem foi feriado aqui em Portugal. Um dia chuvoso, cinzento, friozinho, como eu gosto! Eu e o marido fomos dar uma voltinha ao Centro Comercial, um almocinho por lá e, de volta para casa resolvemos que o jantar seria uma boa Torta Cremosa de Palmito. É uma receita muito simples, e acredito que muitas de vocês tenham as suas receitas favoritas. Deixo a minha aqui, pois gostamos muito dela!


A massa eu já postei aqui, mas vou repetir pois vale a pena! Esta massa é uma massa de pastel assado do Álvaro Rodrigues, e eu a 'adotei' para usar sempre que faço tortas, pastéis e mesmo empadas.
Bem, mas vamos começar pelo recheio, pois convém que ele esteja frio para usá-lo sobre a massa.


"Torta Cremosa de Palmito"

Recheio:

1 alho poró (francês), apenas a parte branca, cortado em quatro e fatiado bem fininho
1 cebola cortada em quatro e fatiada bem fininho
2 dentes de alho picadinhos
azeite
1 vidro grande de palmitos, cortar cada palmito em quatro e fatiar
1 xíc. (chá) de ervilhas congeladas
2 tomates, sem pele e sementes, picados em cubos
1 pires de azeitonas verdes, cortadas em quatro
salsa
1 cubo de caldo de legumes
50g de queijo ralado
1 xíc. (chá) de leite
1 col. (sopa) de farinha de trigo
sal, se necessário, pois o palmito, azeitona, queijo e caldo já têm sal

Numa panela, coloque o azeite, o alho poró, a cebola e o alho e refogue até a cebola ficar transparente. Junte os tomates, o caldo de legumes, as azeitonas, as ervilhas e deixe refogar bem. Quando os tomates começarem a soltar líquido, junte o palmito e a salsa. Refogue mais um pouco. Dissolva a farinha no leite e junte ao refogado. Mexa até que engrosse. Junte o queijo ralado, refogue mais uns minutinhos e retire do fogo. Deixe arrefecer para empregar sobre a massa.


Massa:

400g de farinha de trigo
200g de margarina muito fria, cortada em cubos
1 col. (sopa) de queijo ralado
1 col. (chá) de sal (aqui eu usei caldo para legumes em pó)
100ml de leite (usei 100ml de creme de leite/natas)
1 ovo

Coloque todos os ingredientes no processador (robot de cozinha) e vá 'pulsando' até formar uma bola. Se preferir fazer à mão, amasse a margarina e a farinha com um garfo, até formar uma farofa. Junte os outros ingredientes e amasse até formar uma bola. Embrulhe com papel alumínio e leve ao frigorífico por uns 30 minutos.


Montagem:

Retire a massa do frigorífico e estique com o rolo de macarrão (massa). Cubra o fundo e a lateral de uma forma de fundo removível, com metade da massa. Fure a massa do fundo com um garfo. Coloque o recheio sobre a massa. Cubra com a metade restante. Pincele com gema de ovo. Leve ao forno pré-aquecido a 200º, por uns 35/40 minutos.